Como fazer Canjica: Uma Delícia Tradicional Brasileira

Sobremesas

Canjica

A canjica, conhecida em algumas regiões do Brasil como munguzá, é um prato doce que ocupa um lugar especial no coração e na mesa dos brasileiros, especialmente durante as festividades juninas. Este prato cremoso, feito à base de milho branco, leite e adoçado com açúcar e leite condensado, é um verdadeiro conforto para a alma e o paladar. Além de ser uma receita tradicional, a canjica permite variações que podem incluir leite de coco, canela e cravo, enriquecendo ainda mais seu sabor.

Como fazer Canjica

Ingredientes:

  • 500g de milho para canjica
  • 1 e 1/2 litro de água (para cozinhar o milho)
  • 1 lata de leite condensado
  • 200ml de leite de coco
  • 1 litro de leite integral
  • 1 xícara de açúcar (ajuste conforme preferência)
  • Canela em pau e cravo-da-índia a gosto
  • Coco ralado (opcional, para servir)
  • Canela em pó (opcional, para servir)

Modo de preparo:

  1. Preparo do Milho:
    • Deixe o milho de molho em água por pelo menos 4 horas, ou durante a noite, para que os grãos amoleçam. Esse processo ajuda a reduzir o tempo de cozimento.
  2. Cozinhar o Milho:
    • Escorra o milho e coloque-o em uma panela de pressão com 1 e 1/2 litro de água. Cozinhe por cerca de 30 a 40 minutos após a panela começar a chiar. O milho deve estar macio ao final do cozimento.
  3. Adicionando os Ingredientes:
    • Após o milho estar cozido, acrescente o leite condensado, o leite de coco, o leite integral, o açúcar, a canela em pau e o cravo-da-índia. Cozinhe em fogo baixo, mexendo ocasionalmente para que não grude no fundo da panela. Continue cozinhando até que a mistura fique levemente espessa e cremosa, o que pode levar cerca de 20 a 30 minutos.
  4. Finalização:
    • Quando estiver no ponto desejado, desligue o fogo. Se preferir uma canjica mais cremosa, você pode adicionar mais leite até atingir a consistência desejada.
  5. Servir:
    • Sirva a quente ou fria, polvilhada com coco ralado e canela em pó a gosto.
Canjica

Dicas de ouro

  1. Escolha do Milho: Utilize milho branco específico para canjica. A qualidade e o tipo do milho fazem toda a diferença no resultado final do prato.
  2. Tempo de Molho: Deixar o milho de molho de um dia para o outro não só reduz o tempo de cozimento, mas também ajuda a amaciar os grãos, garantindo que ela fique com a textura perfeita.
  3. Cozimento do Milho: A paciência é fundamental durante o cozimento do milho. Certifique-se de que ele esteja bem macio antes de adicionar os demais ingredientes, pois isso influencia diretamente na cremosidade da canjica.
  4. Caldo Aromatizado: Cozinhar a canjica com canela em pau e cravo-da-índia adiciona camadas de sabor. Essas especiarias trazem um aroma incrível e um gostinho especial que define um bom prato de canjica.
  5. Leite Integral e Leite de Coco: A combinação de leite integral com leite de coco oferece uma riqueza única ao prato. O leite de coco, especialmente, traz uma cremosidade tropical e um sabor delicado que complementa bem o doce.
  6. Ajuste de Açúcar: Como o leite condensado já é bastante doce, ajuste a quantidade de açúcar de acordo com seu paladar e a doçura dos outros ingredientes.
  7. Finalização e Decoração: Servir a canjica com um pouco de coco ralado fresco por cima não só adiciona textura, mas também eleva o sabor. A canela em pó é outro toque final que pode realçar a experiência.
  8. Respeite os Tempos: A canjica é um prato que exige tempo, tanto no preparo quanto na cocção. Não tente apressar o processo para garantir que os sabores se desenvolvam plenamente.
  9. Conservação: A canjica pode ser guardada na geladeira e, muitas vezes, fica ainda mais saborosa no dia seguinte. Se ela engrossar após ser refrigerada, adicione um pouco de leite ao reaquecer para ajustar a consistência.
  10. Personalize a Receita: Não tenha medo de experimentar adicionando outros ingredientes que você gosta, como amendoim, pedaços de chocolate ou frutas secas, para criar sua própria versão desse prato tradicional.

Seguindo essas dicas, você estará bem equipado para criar uma canjica deliciosa que será lembrada e apreciada por todos que a provarem.

Canjica e Mungunzá

A escolha entre “canjica” e “mungunzá” depende principalmente da região do Brasil em que você está. Embora o prato seja essencialmente o mesmo, a nomenclatura varia significativamente de uma região para outra devido às ricas e diversas culturas culinárias do país.

No Sul e Sudeste, o termo mais comum é “canjica”. Nesta versão, o prato é feito principalmente com milho branco especial para canjica, leite (normalmente uma combinação de leite de vaca e leite de coco), açúcar e, frequentemente, leite condensado. É comum servir a canjica com canela em pó ou em pau para aromatizar.

Já no Nordeste, o prato recebe o nome de “mungunzá” (ou “munguzá”) e pode ser encontrado em versões doce e salgada. A versão doce é bastante similar à canjica conhecida no Sul e Sudeste, incorporando ingredientes como leite de coco, açúcar e canela. A versão salgada, por outro lado, é feita com carne de porco, geralmente costelinha, e não leva açúcar.

Apesar dessas diferenças regionais, ambos os pratos compartilham o milho como ingrediente principal e representam uma parte importante das tradições culinárias brasileiras, especialmente durante as festividades juninas.

Portanto, se você deve dizer “canjica” ou “mungunzá” depende de onde você está no Brasil ou da tradição que deseja seguir. Independentemente do nome, ambos os pratos são deliciosos e vale a pena experimentar e incorporar em sua culinária.

LEIA TAMBÉM:

VENHA FAZER PARTE DO NOSSO GRUPO DE RECEITAS

ESTAMOS NO PINTEREST

Espero que tenha gostado desta receita.

Com amor

Nate

Posts

MAIS ARTIGOS COMO ESTE!